Usuários de Próteses.

 


Garanta a longevidade de sua prótese, fazendo sua higiene oral após as refeições.
A prótese fixa deve ser higienizada através do uso de escova dental, fio e passa fio, além da  pasta de dente. 
A  prótese removível deve ser   retirada  para  a  escovação, que  deve  ser  feita cuidadosamente e sem uso  de  força  excessiva.

 

Manutenção / Higienização da Prótese Total

  • Escovar com sabão neutro, pois as pastas de dentes são muito abrasivas e podem, com o uso constante danificar as próteses.
  • À noite, na hora de dormir, imergir a prótese em solução química, esta tem ação antimicrobiana, atuando também sobre restos orgânicos aderidos a prótese, e escová-la pela manhã em água corrente com uma escova convencional.
  • Solução química: Diluir 15 ml de hipoclorito de sódio (água sanitária) em um copo (aproximadamente 300ml ) de água.

Obs.: Esta solução não deve ser usada em prótese com metal, pois o hipoclorito de sódio pode manchá-lo ou corroê-lo.

  • Higienizar a boca com uma escova de dente de cerdas macias, escovando e massageando a língua, a gengiva e o palato para eliminar a placa bacteriana e os resíduos alimentares, estimulando a circulação nesses locais.

Obs.: Para preservar a saúde dos tecidos bucais (mucosa e osso), é importante que estes sejam poupados da pressão exercida pela base da prótese por 6 a 8 horas por dia. Por essa razão, deve-se remover as próteses à noite, permitindo que haja uma melhor circulação de sangue pelos tecidos mais afetados. Além disso, a não utilização da prótese à noite limita os danos que podem ser causadas pelo eventual desenvolvimento de algum hábito parafuncional oclusal, tal como o bruxismo. Fonte cfo